O exame de espirometria em comodato

espirometria

Aos pacientes que possuem problemas pulmonares, casos clínicos e ocupacionais relacionados à respiração, muitas vezes é indicado exames que possam medir a quantidade de ar que entra e sai dos pulmões, assim como a velocidade com que esse processo é realizado – o que é muito solicitado para diagnóstico de alergias e doenças respiratórias.

Para poder diagnosticar distúrbios pulmonares, é indicado o exame de espirometria, ou também conhecido como exame de sopro. É solicitado geralmente em investigações de doenças que levam à falta de ar constante.

Neste artigo, explicamos como uma prova de função pulmonar funciona e mostramos como a telemedicina pode auxiliar na realização do exame. Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas!


O que é?

Espirometria é o exame que avalia a maneira como o ar entra e sai dos pulmões. Isso é feito pelo médico pneumologista enquanto o paciente inspira, segura o ar e expira. É um exame que não causa dor, e nem é invasivo.

O exame é utilizado para diagnosticar doenças como asma, doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) e outras doenças que afetam a respiração. Então, também pode ser usada periodicamente para verificar se um tratamento para uma doença pulmonar crónica está a ser eficaz. Também serve para avaliar a capacidade pulmonar em procedimentos pré-operatórios.

Além disso, pessoas sadias, como atletas, fazem espirometria para avaliar sua capacidade respiratória.
Indicações para o exame

Existem duas modalidades de espirometria: a clínica e a ocupacional.

Espirometria Clinica:

É geralmente realizada ou solicitada pelo médico pneumologista para monitorar a evolução clínica de pacientes com doenças respiratórias, mediante tratamento ou para diagnosticar o que pode estar por trás de sintomas como tosse, falta de ar, dor no peito ou respiração anormal.

A espirometria clínica pode ser utilizada para o acompanhamento da evolução da capacidade respiratória de atletas e tem sido usada na medicina ligada a mergulhos ou altitudes. O exame de espirometria também pode ser solicitado para avaliar risco cirúrgico respiratório e a capacidade respiratória para fins periciais.

O médico pode sugerir a realização da espirometria se suspeitar que seus sinais ou sintomas podem ser causados por uma doença pulmonar crônica, tais quais:

Asma;
DPOC – Doença Pulmonar Obstrutiva crónica;
Bronquite crónica;
Enfisema pulmonar;
Fibrose pulmonar.

Espirometria Ocupacional:

Já a espirometria ocupacional tem como objetivo monitorar a saúde respiratória de trabalhadores em atividades insalubres para o aparelho respiratório, como em ambientes onde são expostos a poeira ou produtos químicos, visto que estão sujeitos a desenvolver nesse tipo de atividade, doenças restritivas ou obstrutivas como a fibrose pulmonar. Além disso, o exame de espirometria também serve para que o trabalhador comum possa tomar posse de seu futuro trabalho.

Esta modalidade requer exames com gráficos mais simples e costuma ser realizada por médicos do trabalho, que devem fazer ou solicitar os exames periodicamente para avaliar a saúde do trabalhador e, caso seja detectado algum tipo de perda, tomar medidas com antecedência.

Porque a opção de comodato do aparelho de espirometria, pode beneficiar seu negócio

Com o avanço das novas tecnologias, é possível realizar o exame de espirometria na clínica ou hospital e um médico especialista analisa e emite o laudo à distância.

Ao optar pelos aparelhos em comodato da Telecárdio, os dados dos exames são enviados para a nuvem, onde o médico irá analisar e devolver o laudo em até 4 horas. E quando em casos de urgência, o tempo de devolução podendo ser em poucos minutos.

Essa opção pode melhorar o atendimento em cidades pequenas, pois donos de clínicas, ou responsáveis por hospitais, não precisam arcar com os custos do aparelho, basta contratar em comodato e ao receber o equipamento, a pessoa responsável é treinada para realizar o exame à distância e aproveitar a plataforma de telemedicina para enviar o exame e receber o laudo do especialista.

Para empresas de Medicina Ocupacional, disponibilizar a espirometria dentro das empresas é um grande diferencial.

Como funciona o exame de via telemedicina?

O passo a passo para realizar o exame através da telemedicina é:

Realização do exame: A clínica ou Hospital realiza o exame do paciente no local. Através da integração, os exames são criptografados e enviados para o nossa central, seguindo as normas de segurança HIPAA e GDPR.
Envio e análise do exame: um pneumologista fica disponível para analisar o exame encaminhado e emitir o laudo, garantindo a qualidade do exame, aumento da sua produtividade, agilidade na entrega dos resultados e principalmente a redução de custos.

Clientes visualizam online os laudos que foram enviados: O laudo fica salvo no sistema e disponível para consulta com login e senha. Então, caso algum software seja utilizado, o laudo fica disponível para ser integrado ao mesmo via API. Fale conosco e tire suas dúvidas.

Portanto, para realizar esse serviço, a Telecárdio oferece comodato para exames de espirometria de forma personalizada, entendendo as necessidades dos clientes. Além disso, o serviço de telemedicina está integrado e fornece laudos no mesmo dia em que o exame foi realizado.

Entre em contato com a nossa equipe e saiba tudo sobre os nossos equipamentos médicos em comodato.