A evolução do holter: holter com telemedicina

Ao investigar doenças do ritmo cardíaco, o Cardiologista escolhe um exame de coração capaz de detectar alterações no batimento cardíaco que não são vistas no ecg de repouso.

Segundo a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), houve um aumento de 10,9% no número de exames Holter 24 horas realizados pelos planos de saúde.

Na investigação de arritmias, nada melhor do que indicar um exame de Holter de ECG.

O que é Holter?

O Holter é um monitor portátil que registra a atividade elétrica do coração e suas variações durante as 24 horas do dia.

É um exame complementar ao eletrocardiograma digital para detectar alterações que em geral não aparecem num exame de tempo mais limitado, de alguns minutos, como acontece no ECG em repouso.

Qual é a história e para que serve o Holter? 

O Holter cardíaco é um eletrocardiograma que grava os batimentos do coração durante um dia inteiro, cerca de 24 horas ou até mais, para ser lido e interpretado posteriormente pelo arritmologista que vai descrever se existe algum problema no ritmo cardíaco que necessite de tratamento.

O monitor holter recebeu este nome em homenagem ao Cardiologista Norman J. Holter, que o inventou, em 1949.

O primeiro aparelho de holter 24 horas pesava quarenta quilos e tinha que ser levado dentro de uma mochila!

Na época foi uma grande revolução, quando comparado ao ECG em repouso que ocupava 2 salas inteiras para registrar a metade das derivações que usamos hoje.

As viagens inter-espaciais levaram a NASA a aperfeiçoar os mecanismos de gravação do eletrocardiograma para análise posterior.

Visto que os astronautas eram submetidos a variações extremas de estresse e tinham que ser monitorados por longos períodos.

Hoje em dia, o aparelho mais moderno é um mini-gravador digital do tamanho de um cartão de crédito e da altura de uma caixa de fósforos e pesa apenas noventa gramas, o qual registra os dados em um cartão semelhante ao de uma câmera fotográfica ou transfere os dados para o computador via cabo USB ou WI-FI.

Os aparelhos mais atuais permitem a transmissão dos dados via internet para uma plataforma de telemedicina, possibilitando uma avaliação deles à distância e em tempo real por empresas de telemedicina.

Diferença entre MAPA e Holter

1. Mapa de pressão arterial 24 horas

Exame realizado para monitorar a pressão arterial durante 24 horas do dia.

É usado um aparelho portátil que é colocado no braço do paciente e um registrador na cintura.

O Mapa é útil em situações como:

Diagnóstico de pressão alta em casos duvidosos.

Avaliar o efeito medicamentoso em quem está em tratamento para hipertensão.

Esclarecer porque a pressão sobe quando o paciente chega no consultório.

Saber se a pressão arterial tem o chamado descenso noturno, ou seja, a pressão arterial sistêmica deve reduzir entre 10 e 20 durante durante o sono.

2. Holter de ECG digital 24 horas

Exame realizado para monitorar o ritmo cardíaco do paciente durante 24 horas do dia.

No holter 24 horas, os eletrodos são grudados no peito do paciente e é utilizado um registrador que fica na cintura, sem atrapalhar as tarefas rotineiras do paciente.

Também chamado de  exame ecg de longa duração, é útil em situações como:

Avaliar disparo do coração, também chamado de taquicardia.

Avaliação de coração lento.

Avaliar funcionamento do marcapasso ventricular.

Quais doenças são investigadas com o Holter?

Os registros eletrocardiográficos contínuos fornecidos pelo Holter permitem informações sobre acelerações ou eventuais descompassos momentâneas do do batimento do coração e são utilizadas pelos médicos e técnicos para selecionar as áreas de interesse para análise do traçado eletrocardiográfico.

O Holter é muito utilizado para diagnosticar alterações nos batimentos cardíacos, nas síncopes ou outras alterações paroxísticas, que muitas vezes não ocorrem durante uma consulta médica.

Assim, ele está indicado para pacientes com arritmias cardíacas, palpitações ou perda de consciência.

Utiliza-se também o Holter para monitorar o coração depois de um infarto do miocárdio ou de uma cirurgia cardíaca.

Os portadores de marca-passo e de desfibriladores têm esses aparelhos ajustados e programados a partir de informações do Holter.

Como a Telemedicina auxilia clínicas que precisam do holter?

ECG de repouso é diferente de um holter de ecg 24 horas

A presença de Cardiologistas em tempo integral em Clínicas localizadas em locais remotos é extremamente rara.

Quando um paciente necessita de exames complexos e que tenham seus resultados entregues de forma rápida, torna-se um transtorno para a família.

Pensando na comodidade de ter exames interpretados por especialistas que a Telemedicina Morsch investiu em uma plataforma em nuvem para receber pela internet os exames.

Os Cardiologistas logados interpretam os arquivos dos exames enviados de forma rápida e segura e devolve na forma de laudos médicos com total segurança e assinatura digital.

O cliente pode ter qualquer marca de aparelho para realizar seus exames e enviar para a análise na nossa plataforma de Telemedicina.

Como parte final, ter acesso ao exame de ecg de longa duração, também chamado de holter de ecg digital 24 horas vai trazer ao paciente uma segurança e prevenção de morte súbita por arritmia.

A arritmia pode ser não nada num paciente com coração normal onde está estressado, abusa no café, na bebida alcoólica e certamente terá um descompasso que pode ser controlado com mudança no estilo de vida.

O problema maior está nos pacientes que já operaram o coração com ponte de safena, que já infartaram ou trocaram válvulas no coração.

Nestes casos a vulnerabilidade para desenvolver arritmias complexas como taquicardia ventricular sustentada que é o gatilho para acabar em morte súbita é muito grande.


× Como posso te ajudar?